5 anos da eleição de Arturo Sosa, SJ como Superior Geral da Companhia de Jesus

em 14 de outubro de 2021 por MAGIS Brasil

Era a segunda sexta-feira de outubro de 2016. Na Cúria Geral da Companhia de Jesus, em Roma (Itália), 215 jesuítas das 76 províncias e 10 regiões da Ordem estavam reunidos para a mais alta instância de governo dentro da Companhia: a Congregação Geral (CG). Na Companhia de Jesus, uma CG pode ser convocada por dois motivos: 1) escolher um novo Superior Geral ou 2) tratar de problemas de grande importância, que o Superior não pode ou não quer decidir sozinho. O então Superior Geral Adolfo Nicolás (eleito pela 35ª Congregação Geral, em 2008) havia anunciado sua renúncia e seria necessário discernirem e decidirem quem seria o 31º sucessor de Santo Inácio de Loyola.

Após delinearem o perfil que o novo Geral deveria ter – à luz de uma profunda reflexão em torno da atual situação da Companhia de Jesus no mundo – e de dedicarem quatro dias para oração pessoal e a conversa dois a dois entre os eleitores, a fim de conhecerem os possíveis candidatos e avançarem no discernimento – etapa chamada de murmuratio, que quer dizer “murmurações” –, o Pe. Arturo Sosa Abascal, SJ foi eleito como Superior Geral da Companhia de Jesus pela 36ª CG.

Nascido em Caracas (Venezuela), em 12 de novembro de 1948, Sosa é o primeiro Geral latino-americano desde a fundação da Companhia. Durante sua infância e juventude, estudou no Colégio Santo Inácio, na capital de seu país, o que o possibilitou um contato muito próximo dos jesuítas e animou o nascimento de sua vocação. Entrou na Companhia em 1966, sendo ordenado sacerdote em 1977.

Arturo graduou-se em Filosofia, cursou a Teologia na Pontifícia Universidade Gregoriana, em Roma, e é doutor em Ciências Políticas pela Universidade Central de Venezuela. Em sua trajetória, ocupou postos acadêmicos de destaque, entre eles, a reitoria da Universidade Católica de Táchira durante dez anos. Além disso, também esteve encarregado do apostolado social dos jesuítas na Venezuela, trabalhando na fronteira com a Colômbia e coordenando o Centro Gumilla, importante instituto de ação e pesquisa social dos jesuítas. Sosa foi Provincial da Companhia de Jesus na Venezuela, durante os anos de 1996 a 2004. Antes de assumir a nova missão como Superior Geral, estava como Conselheiro do Padre Geral e Delegado para as Casas e Obras Internacionais da Companhia de Jesus em Roma.

O desejo de que o novo Geral da Companhia fosse um homem de governo, defensor do apostolado social e alinhado com o modo de ser e proceder do Papa Francisco tem se tornado realidade através do Pe. Arturo Sosa nestes 5 anos. Não podemos deixar de lembrar aqui o importante trabalho com as Preferências Apostólicas Universais da Companhia (2019-2029), fruto de um longo processo de discernimento realizado em colaboração com todo o corpo apostólico, que aponta por onde e ao lado de quem queremos caminhar. Sosa foi muito sensível também ao convocar o Ano Inaciano, esta bonita oportunidade de descobrirmos juntos e juntas um novo entusiasmo interior e apostólico, inspirado pela conversão de Inácio de Loyola.

Sigamos rezando pela vida doada de Pe. Arturo Sosa! Que seu testemunho e missão sejam fecundos e continuem nos inspirando, pela intercessão de Santo Inácio, a vermos novas todas as coisas em Cristo.

Compartilhar
Twittar
+1