Dia Nacional de Oração pelo fim da pandemia de coronavírus

em 19 de junho de 2020 por MAGIS Brasil

A pandemia de coronavírus que o mundo enfrenta interpela cristãos e cristãs a refletirem sobre o sentido da vida. Neste momento, é fundamental termos os olhos fixos em Jesus para que possamos descobrir o que, de fato, é essencial. A familiaridade com a pessoa de Jesus pode iluminar a nossa vida e nossas atitudes. É uma proposta para alicerçar nossa vida na vida de Cristo. Não estamos sozinhos, estamos juntos e Deus está conosco.

Convidamos todos e todas a entrarmos em sintonia espiritual e orarmos em intenção comum pelo fim da epidemia, pelos doentes, pelos que cuidam dos doentes, pelos que estão recolhidos em casa, pelas autoridades responsáveis por criar medidas de contenção da pandemia.

Entraremos em oração comum às 20h de hoje, 19 de junho. Cada um de suas casas, estaremos unidos, como comunidade dos seguidores e seguidoras de Jesus de Nazaré, que consola e convoca à vida.

Você pode fazer o momento de forma individual, se estiver só; ou convidar seus familiares para rezarem junto com você.

 

Criativos no Espírito

Ambientação: acenda uma vela, diminua as luzes, silencie o celular e procure conectar-se consigo mesmo/a, com as pessoas que estão com você, com as outras que estão rezando em outras partes do país e com Deus. É um momento de sentir que “tudo está interligado”.

Preparação: encontre uma posição confortável. Respire, profundamente, várias vezes. Tome consciência que está na presença de Deus.

Recordação: traga à memória as notícias, as imagens vistas ao longo do dia, as pessoas e perceba como está seu coração. Sinta os sentimentos, os pensamentos. Ouça seu coração. Se ajudar, você poderá tocar no seu pulso para sentir o pulsar de seu coração. Se estiver com sua família, podem fazer um breve momento de partilha desses sentimentos e pensamentos.

Inspiração: “Abraçar a sua cruz significa encontrar a coragem de abraçar todas as contrariedades da hora atual, abandonando por um momento a nossa ânsia de onipotência e possessão, para dar espaço à criatividade que só o Espírito é capaz de suscitar. Significa encontrar a coragem de abrir espaços onde todos possam sentir-se chamados e permitir novas formas de hospitalidade, de fraternidade e de solidariedade. Na sua cruz, fomos salvos para acolher a esperança e deixar que seja ela a fortalecer e sustentar todas as medidas e estradas que nos possam ajudar a salvaguardar-nos e a salvaguardar. Abraçar o Senhor, para abraçar a esperança. Aqui está a força da fé, que liberta do medo e dá esperança” (Papa Francisco. Momento extraordinário de oração em tempo de pandemia).

Preces:

  • Senhor, pedimos para que, mesmo diante das diversas crises que a pandemia de coronavírus intensifica e dos novos desafios que ela nos traz, sejamos homens e mulheres de fé que não deixam de crer em Ti e de segui-Lo. Pedimos que a esperança que vem do Cristo Ressuscitado se faça presente na vida de todos que estão desalentados.

    R.: Senhor, escutai a nossa prece.

  • Senhor, pedimos por todos que, de maneiras tão diversas e inspiradoras, têm se colocado a serviço dos demais e ajudado a trazer esperança, acolhida e dignidade àqueles que mais têm sofrido com os efeitos da pandemia.
  • Senhor, pedimos pelos/as cientistas do mundo todo que se dedicam a pesquisar as soluções médicas para a pandemia, e pelos governantes, responsáveis por medidas de contenção da crise. Inspira-lhes com o espírito de sabedoria, ânimo e senso de responsabilidade pública.
  • Senhor, pedimos que afastes de nós o medo que paralisa e impede de agir. Que iluminados pelo Espírito, sejamos capazes de encontrar caminhos onde a esperança seja o horizonte que nos leva a seguir em frente.

Gesto concreto: Exercer a solidariedade aos mais necessitados. Há diversas instituições que têm oferecido apoio de diferentes maneiras àqueles que mais têm sofrido com a pandemia. Procure saber de que modo você pode somar esforços para ajudá-los.

Pai-Nosso

Oração Final: Senhor, dá-nos a graça da sensibilidade. “Onde houver desespero, que eu leve a esperança; onde houver tristeza, que eu leve a alegria; onde houver trevas, que eu leve a luz”. Dá-nos coragem para amar e servir. Por Cristo, Senhor Nosso. Amém.

Compartilhar
Twittar
+1