Dia Nacional de Oração pelo fim da pandemia de coronavírus

em 7 de maio de 2020 por MAGIS Brasil

A pandemia de coronavírus que o mundo enfrenta interpela cristãos e cristãs a acompanharem Jesus em seu caminho à vida. A Ressurreição de Jesus é fonte de vida, de esperança. Deus não nos abandona. Ele está vivo e vivo no meio de nós. Sua presença é comprovada por meio de inúmeros sinais. Convidamos todos e todas a entrarmos em sintonia espiritual e orarmos em intenção comum pelo fim da epidemia, pelos doentes, pelos que cuidam dos doentes, pelos que estão recolhidos em casa, pelas autoridades responsáveis por criar medidas de contenção da pandemia.

Entraremos em oração comum, às 20h, neste 08 de maio. Cada um de suas casas, estaremos unidos, como comunidade dos seguidores e seguidoras de Jesus de Nazaré, que consola e convoca à vida.

Você pode fazer o momento de forma individual, se estiver só; ou convidar seus familiares para rezarem junto com você.

 

Jesus aparece à sua mãe

Ambientação: acenda uma vela, diminua as luzes, silencie o celular e procure conectar-se consigo mesmo/a, com as pessoas que estão com você, com as outras que estão rezando em outras partes do país e com Deus. É um momento de sentir que “tudo está interligado”.

Preparação: encontre uma posição confortável. Respire, profundamente, várias vezes. Tome consciência que está na presença de Deus.

Recordação: traga à memória as notícias, as imagens vistas ao longo do dia, as pessoas e perceba como está seu coração. Sinta os sentimentos, os pensamentos. Ouça seu coração. Se ajudar, você poderá tocar no seu pulso para sentir o pulsar de seu coração. Se estiver com sua família, podem fazer um breve momento de partilha desses sentimentos e pensamentos.

Inspiração inaciana: Na primeira contemplação da quarta Semana dos Exercícios Espirituais, Santo Inácio de Loyola nos convida a rezar como Cristo Nosso Senhor apareceu a Nossa Senhora (EE 218-225). Inácio propõe “considerar como Nosso Senhor Jesus Cristo exerce o ofício de consolador, à maneira como os amigos costumam consolar-se uns aos outros” (EE 224). Hoje, somos convidados/as a rezar por aqueles/as que exercem o ofício de consolar. Lembramos e rezamos pelas nossas mães ou por aquelas mulheres que, através do seu cuidado e amor, são portadoras da esperança. Mulheres que, não obstante as dificuldades, procuram ajudar, cuidar e animar as demais pessoas.

Preces:

  • Senhor, pedimos por todas as pessoas que têm sofrido diante da pandemia de coronavírus. Inspira-nos com teu Espírito Consolador para que possamos ser, também nós, consolo e amparo a estas pessoas.

    R.: Senhor, escutai a nossa prece.

  • Senhor, pedimos por todas as mães. De modo especial, pelas mães que perderam seus filhos em decorrência da pandemia. Que Tu sejas para elas fonte de alento e esperança em meio à dor que experimentam.
  • Senhor, pedimos por todos que têm se dedicado aos cuidados dos doentes. Dê-lhes sua força e ânimo para que sigam firmes nesta luta em defesa da vida.
  • Senhor, pedimos pelo fim da pandemia. Inspire a todos nós, aos profissionais da saúde, aos cientistas e aos governantes para que assumamos as medidas necessárias para pôr fim à disseminação da doença

Gesto concreto: nesta época de pandemia, de COVID-19, que tal dedicar mais tempo para estar próximo a e escutar estas mulheres que fazem a diferença em nossa vida?

Pai-Nosso

Oração Final: Senhor, dá-nos a graça da sensibilidade. “Onde houver desespero, que eu leve a esperança; onde houver tristeza, que eu leve a alegria; onde houver trevas, que eu leve a luz”. Dá-nos coragem para amar e servir. Por Cristo, Senhor Nosso. Amém.

Compartilhar
Twittar
+1