A 10ª turma da Especialização em Juventude no Mundo Contemporâneo conclui seu terceiro módulo

em 5 de agosto de 2019 por MAGIS Brasil

Aconteceu entre os dias 11 e 26 de julho na Faculdade Jesuíta de Filosofia e Teologia (FAJE), em Belo Horizonte – MG, o encerramento da 10ª turma da Especialização em Juventude no Mundo Contemporâneo. Esta pós-graduação lato sensu é uma iniciativa da Rede Brasileira de Centros e Institutos de Juventude, possui caráter interdisciplinar e é organizada em três módulos presenciais que reúnem estudantes e docentes de diferentes lugares do Brasil para se aprofundarem nas temáticas que envolvem os estudos de juventude.

Este último módulo do curso teve início com o III Simpósio Nacional Aproximações com o Mundo Juvenil, que trouxe o tema “Jovens e Projeto de Vida: Subjetividade, Sofrimento e Experiência Religiosa”. Em seguida, os e as estudantes tiveram aulas de disciplinas que abordaram temas como gênero e sexualidade enquanto marcadores sociais da diferença, direitos humanos, juventude e fenômeno religioso e pedagogias da juventude.

João Paulo Aguiar de Sousa, aluno da décima turma, partilha conosco um pouco sobre como foi cursar a Especialização: “A pós graduação em Juventude no Mundo Contemporâneo foi uma das experiências mais ricas, desafiadoras, instigadoras e importantes de minha trajetória. A cada módulo, uma proposta diferente, realidades diferentes dos diversos estados brasileiros em debate e um acervo potente de docentes das disciplinas, foram adensando o processo de construção do conhecimento. As metodologias contra hegemônicas, a localização das aulas presenciais, o suporte técnico e tecnológico construíram um caldo que fez nos reinventarmos a cada disciplina. Foram 3 módulos fantásticos. Outro fator que merece relevo são os confrontos intergeracionais e a presença juvenil neste curso: não falávamos de jovens, mas falávamos com os jovens e adultos que trabalhavam diariamente com eles. Penso que todos que compõem esta décima turma de um curso que completa 20 anos no ano corrente, sabem da importância dos diálogos, partilhas, risadas, choros e preocupações que ele nos possibilitou”.

No discurso de encerramento do módulo, elaborado pelo aluno Ismael Frare e pela aluna Gabriela Ferreira, ficou claro que “é consenso que a gente vai aprendendo junto, e que amamos as/os jovens. E quem ama as/os jovens têm necessidade de ensinar o mundo às/aos jovens”. Fica o desejo “que o processo vivido nessa Especialização esteja a salvo nas reflexões e experiências que compartilharemos aonde quer que estejamos”.

Compartilhar
Twittar
+1