por Ana Lúcia Farias*

“Ao receber o convite de participar pensei que seria uma ótima oportunidade para trocar experiências sobre os Exercícios Espirituais (EE) de Santo Inácio. Um convite aceito quase que de imediato, pois respondia a uma necessidade íntima de uma melhor compreensão da minha espiritualidade, além de vivenciar momento de oração e comunhão com Deus. Ao chegar para a Jornada, ao conversar com alguns dos participantes percebi que ali se encontravam diversos níveis de conhecimento acerca da espiritualidade inaciana, o que poderia ser uma problemática para o evento, mas do início houve clareza e cuidado nesse sentido. As falas no Painel Inaciano e o Papo Magis sobre as vivências das modalidades dos EE foram de maior excelência, pois de forma dinâmica e objetiva conseguiram explicar do que se trata o Princípio e Fundamento,… tendo as oficinas contribuído de forma positiva também para a compreensão de alguns elementos tão peculiares à espiritualidade inaciana, proporcionando aprofundamento sobre a temática.”, afirma Ana Carolina Lobato, do Centro MAGIS Amazônia, uma das participantes da Jornada de Espiritualidade Inaciana (JEI) para jovens de 2017, atividade das obras do Programa MAGIS Brasil na Plataforma Amazônia da Província dos Jesuítas no Brasil, realizada entre os dias 19, 20 e 21 de maio em Manaus (AM).

A JEI para jovens, como atividade de Plataforma, surgiu “no ano de 2015 a partir de uma reunião dos responsáveis pelo trabalho com Juventude e Vocações na Plataforma. Sugeriu-se que a nossa região realizasse atividades comuns para que os jovens pudessem circular entre localidades diferentes e, a partir dessa decisão, foram selecionadas algumas atividades, entre elas, a própria JEI”, frisou Pe. Silas Moésio, SJ, coordenador da Casa MAGIS Manaus, que já promovia a atividade antes dela ser absorvida a nível de Plataforma. A Jornada de Espiritualidade Inaciana para jovens é uma experiência mística e formativa para difundir a espiritualidade inaciana e esta edição esteve centrada no conhecimento da estrutura dos Exercícios Espirituais, no testemunho dos que experienciam os exercícios nas diferentes modalidades e como essa espiritualidade se torna transversal nas diversas dimensões da vida do jovem, instigando-o a refletir sobre uma resposta particular a pergunta sugerida como lema do encontro.

O evento reuniu, aproximadamente, 40 jovens de Belém (PA), Manaus (AM) e Santarém (PA), na Casa de Retiro dos Capuchinhos, e teve como tema Exercícios Espirituais e Juventudes nos passos de Inácio e lema O que fiz, o que faço, o que farei por Ti, Senhor?. Segundo Josiara Reis, articuladora do eixo espiritualidade da Casa MAGIS Manaus, “o intuito era proporcionar as juventudes rodas de conversas, oficinas, partilhas e  encontros vivenciais e formativos que atendesse as expectativas dos jovens que estão tendo o primeiro contato com a espiritualidade inaciana e aqueles que já as vivenciam, retomando a postura pessoal e coletiva da realidade”.

Na sexta a noite,  19 de maio, após um breve momento de integração e apresentação dos participantes, aconteceu o Ofício de Vigília. Já na manhã do sábado houve um momento de oração pessoal e em seguida o painel inaciano, com a colaboração de jesuítas e jovens que atuam na Plataforma Amazônia, trazendo ao conhecimento de todos a história de Santo Inácio, a estrutura dos Exercícios Espirituais e a vivência dos Exercícios pela juventude, Princípio e Fundamento e Primeira Semana dos Exercícios Espirituais. O grupo participante, durante a roda de conversa, partilhou suas inquietações, curiosidades e perguntas aos mediadores do Painel.

Ainda, como continuidade das reflexões, foram oferecidas quatro oficinas na tarde do sábado: EE e afetos (conduzida por Vitor Bazucco, SJ, coordenador do Centro MAGIS Amazônia), Justiça Social e Salvação do Mundo (dinamizada por Gabriel Leitão, colaborador no eixo espiritualidade na Casa MAGIS Manaus), Indiferença Inaciana (mediada por Gian, voluntário da CVX no Espaço MAGIS Santarém) e Pecado Pessoal e Misericórdia (oferecida por Pe. Félix, SJ ). Os jovens escolheram duas das quatro oficinas para participar e aprofundar a temática. No sábado a noite aconteceram os círculos MAGIS como momentos de partilhas. Encerrou-se o dia com uma Noite Cultural, onde os jovens presentes apresentavam danças típicas e próprias das juventudes.

No domingo, depois do momento de oração comunitária, deu-se início ao Papo MAGIS, uma mesa de diálogo um pouco menos formal, onde os convidados da mesa testemunhavam suas experiências em quatro diferentes modalidades da vivência dos Exercícios Espirituais: EE na Vida Cotidiana, EE Etapas, EE Oito dias Corridos, EE 30 dias. Os convidados eram provocados a contar sobre como conheceram os exercícios, sua vivência, os desafios, as mudanças percebidas e a experimentação dos Exercícios pessoalmente.

Para o Pe. Edson Tomé, diretor do Centro MAGIS Amazônia e responsável por Juventude e Vocações na Plataforma, a Jornada de Espiritualidade Inaciana para Jovens “colabora no processo de articulação, no processo de aprofundamento daquilo que é fundamento da experiência de Inácio que são os Exercícios. Um fator importante da Jornada foi aprofundar a temática dos exercícios espirituais e as vivências das diferentes juventudes da nossa região, o que ajuda não somente processo de articulação que em nossa Plataforma se acentua, mas também no Brasil. É importante ressaltar, também, que nós enquanto jesuítas e juventudes através de uma atividade como a Jornada de Espiritualidade articulamos pelo menos três das prioridades do Plano Apostólico da Companhia de Jesus no Brasil: a Juventude, a Espiritualidade e a Amazônia na busca da justiça socioambiental também”.

Encerrou-se o evento com uma missa Convivium, seguida do almoço. Com ânimo e generosidade muito jovens, assim como a Marjorie, do Espaço MAGIS Santarém, voltam para as suas casas com a esperança que “os exercícios espirituais ajudam no confronto com a minha realidade, avaliando a minha vida, no que faço, em tudo.”


* Ana Lúcia Farias é colaboradora da Casa MAGIS Manaus

Compartilhar.

Deixe uma resposta