4ª Oração pelas Vocações 2018

em 23 de agosto de 2018 por MAGIS Brasil

Em comunhão com a Igreja, que reza nesse mês pelas diversas vocações, o Programa MAGIS Brasil irá disponibilizar semanalmente conteúdos de oração e reflexão, fomentando uma cultura vocacional na vida de nossos jovens. Confira abaixo o primeiro conteúdo e boa oração! 

Sinal da Cruz

Mantra: Em todas as coisas, amar. Aos irmãos e a Deus, servir. Em tudo, amar e servir. Em tudo, amar e servir. (bis).

Pedido de Graça: Senhor Jesus Cristo, chamai vocações à Igreja e dai ânimo aos que já se colocaram à disposição de Seu serviço.

Santidade no Mundo
“O que quero recordar é sobretudo a chamada à santidade que o Senhor faz a cada um de nós, a chamada que dirige também a ti: ‘sede santos, porque Eu sou santo’ (Lv 11, 45; cf. 1Pd 1, 16). O Concílio Vaticano II salientou vigorosamente: ‘munidos de tantos e tão grandes meios de salvação, todos os fiéis, seja qual for a sua condição ou estado, são chamados pelo Senhor à perfeição do Pai, cada um por seu caminho’.

‘Cada um por seu caminho’, diz o Concílio. Por isso, uma pessoa não deve desanimar, quando contempla modelos de santidade que lhe parecem inatingíveis. Há testemunhos que são úteis para nos estimular e motivar, mas não para procurarmos copiá-los, porque isso poderia até afastar-nos do caminho, único e específico, que o Senhor predispôs para nós. Importante é que cada crente discirna o seu próprio caminho e traga à luz o melhor de si mesmo, quanto Deus colocou nele de muito pessoal (cf. 1 Cor 12, 7), e não se esgote procurando imitar algo que não foi pensado para ele. Todos estamos chamados a ser testemunhas, mas há muitas formas existenciais de testemunho.

[…] Para ser santo, não é necessário ser bispo, sacerdote, religiosa ou religioso. Muitas vezes somos tentados a pensar que a santidade esteja reservada apenas àqueles que têm possibilidade de se afastar das ocupações comuns, para dedicar muito tempo à oração. Não é assim. Todos somos chamados a ser santos, vivendo com amor e oferecendo o próprio testemunho nas ocupações de cada dia, onde cada um se encontra. És uma consagrada ou um consagrado? Sê santo, vivendo com alegria a tua doação. Estás casado? Sê santo, amando e cuidando do teu marido ou da tua esposa, como Cristo fez com a Igreja. És um trabalhador? Sê santo, cumprindo com honestidade e competência o teu trabalho ao serviço dos irmãos. És progenitor, avó ou avô? Sê santo, ensinando com paciência as crianças a seguirem Jesus. Estás investido em autoridade? Sê santo, lutando pelo bem comum e renunciando aos teus interesses pessoais.

[…] Esta santidade, a que o Senhor te chama, irá crescendo com pequenos gestos. Por exemplo, uma senhora vai ao mercado fazer as compras, encontra uma vizinha, começam a falar e… surgem as críticas. Mas esta mulher diz para consigo: ‘Não! Não falarei mal de ninguém’. Isto é um passo rumo à santidade. Depois, em casa, o seu filho reclama a atenção dela para falar das suas fantasias e ela, embora cansada, senta-se ao seu lado e escuta com paciência e carinho. Trata-se doutra oferta que santifica. Noutra ocasião, segue pela estrada fora, encontra um pobre e detém-se a conversar carinhosamente com ele. É mais um passo”.
 (Exortação Apostólica Gaudete et Exsultate do Santo Padre Francisco, n. 10, 11, 14 e 16)

Leitura Bíblica: Mt 4, 18-22
Caminhando à beira do mar da Galiléia, Jesus viu dois irmãos: Simão, chamado Pedro, e seu irmão André. Estavam jogando as redes ao mar, pois eram pescadores. Jesus disse-lhes: “Segui-me, e eu farei de vós pescadores de homens”. Eles, imediatamente, deixaram as redes e o seguiram. Prosseguindo adiante, viu outros dois irmãos: Tiago, filho de Zebedeu, e seu irmão João. Estavam no barco, com seu pai Zebedeu, consertando as redes. Ele os chamou. Deixando imediatamente o barco e o pai, eles o seguiram.

Provocações:
– Como o chamado de Jesus à santidade ressoa em meu ouvido?
– Como podemos caminhar em direção à santidade em nosso dia-a-dia?
– Como podemos ser Pescadores de Homens nos tempos atuais?

Preces | R. Senhor, atendei-nos.
Peçamos a Deus que nos guie na comunicação com todos, não nos colocando de forma indiferente, mas que saibamos discernir para quem ele nos move e impele. Rezemos.
Ajudai a Igreja a animar vocações da forma mais ampla possível, considerando a cultura e a linguagem atual dos jovens. Rezemos.
Infundi em nós os mesmos sentimentos que havia em Jesus Cristo, nos tornando pessoas sempre mais positivas, vivendo com grande fidelidade. Que a hesitação e a timidez não sejam obstáculos para oferecermos aos outros o que temos. Rezemos.

Preces Espontâneas

Pai Nosso

Oração pelas Vocações
Jesus, mestre divino, que chamastes os apóstolos a vos seguirem, continuai a passar pelos nossos caminhos, pelas nossas famílias, pelas nossas escolas e continuai a repetir o convite a muitos dos nossos jovens. Dai coragem às pessoas convidadas. Dai força para que vos sejam fiéis na missão de apóstolos leigos, sacerdotes, diáconos, religiosos e religiosas, para o bem do Povo de Deus e de toda a humanidade. Amém. 

Benção Final
O Deus, fonte da luz, afaste de nós toda escuridão e fique conosco, agora e para sempre. Amém!
Louvado seja nosso Senhor Jesus Cristo. Para sempre seja louvado!

 

# Clique aqui e faça o download da versão impressa para realizar essa oração de forma comunitária.

Caso você tenha interesse em realizar o discernimento vocacional pela Companhia de Jesus, envie e-mail para vocacao@jesuitasbrasil.org.br , mensagem de WhatsApp para 11 94312-7690 ou mensagem pelo nosso Facebook.

 

Compartilhar
Twittar
+1