Pausa Vocacional Inaciana – Vida Religiosa

em 18 de agosto de 2021 por MAGIS Brasil

Agosto é o mês em que somos chamados e chamadas a rezar pelas vocações. Vocação é chamado à vida! É entrega total! Rezemos, para que Deus ilumine nossas escolhas, abra nossos ouvidos e nossos corações, para entender e se entregar ao chamado que, desde antes de nascermos, Ele já nos havia feito.

Esse ano nossas reflexões semanais do Mês Vocacional foram preparadas pelos jovens que estão participando do Grupo de Acompanhamento Vocacional Inaciano (GAVI). O Podcast Pausa Vocacional Inaciana está sendo disponibilizado todas as quartas deste mês, sempre trazendo uma vocação específica. Escute o podcast, compartilhe com seus amigos, comente e reze conosco.

Assim como o próprio Cristo nos convoca para “ir e pregar o evangelho a toda criatura” (Mc 16,15), o Papa Francisco na exortação apostólica Evangelii Gaudium nos lembra que, “em virtude do Batismo recebido, cada membro do povo de Deus tornou-se discípulo missionário (cf. Mt 28,19). Cada um dos batizados, independentemente da própria função na Igreja e do grau de instrução da sua fé, é um sujeito ativo de evangelização” (nº 120).

Durante essas semanas, somos convidados e convidadas a refletir sobre algumas formas de resposta à nossa vocação, ao chamado a serviço do Reino. Nesta terceira semana vamos refletir e rezar sobre a vida religiosa consagrada:

Rezemos pela vida religiosa consagrada que, por meio do seu testemunho e profissão dos valores evangélicos, renova a comunidade eclesial. Conforme diz o Papa João Paulo II, a vida religiosa consagrada, profundamente arraigada nos exemplos e ensinamentos de Cristo Senhor, é um dom de Deus Pai à sua Igreja e, por meio do Espírito Santo, adquire uma típica e permanente “visibilidade” no meio do mundo (Exortação Apostólica Vita Consecrata, § 1), sendo sinal permanente da ação divina na história da humanidade.

Sigamos os seguintes passos:

1. Agradecer

Agradeço a Deus por receber pelo batismo o dom de amar o próximo como a mim mesmo, me fazendo desejar a vida abundante que corre em mim, também para os demais.

2. Pedido de graça

Peço a graça de me tornar dócil à escuta do chamado de Jesus para que eu possa encarnar os valores evangélicos em minha vida, me dispondo em tudo amar e servir.

3. Inspiração bíblica – Atos 2, 42-47

[…] “Eles eram perseverantes em ouvir o ensinamento dos apóstolos, na comunhão fraterna, na fração do pão e nas orações.” […]

4. Reflexão

O terceiro domingo de agosto nos traz como proposta para reflexão a Vida Consagrada. Um modo de vida escolhido por homens e mulheres que sentem em seus corações o chamado, de Deus, a viverem de forma radical o seu batismo. Buscam viver os valores evangélicos expressos nos votos de pobreza, castidade e obediência, professos publicamente, seguindo de forma radical o estado de vida assumido pelo próprio Cristo: casto, pobre e obediente. São chamados e chamadas ao serviço a Deus e aos irmãos, à vivência comunitária e à realização da missão apostólica que lhes foram confiadas, inebriando toda a Igreja com ardor sempre renovado que brota do seio da Santíssima Trindade. De fato, a vida religiosa consagrada é símbolo do encontro com o próprio Cristo e com os irmãos; vida marcada pelo espírito de solidariedade e pela felicidade da partilha dos bens; convite a revelar ao mundo a alegria de ser totalmente entregue ao Senhor. Como expressou o Papa Francisco: “Onde estão os consagrados, sempre há Alegria”. Felicidade que brota da vivência eucarística, que detém a centralidade na vocação à vida religiosa consagrada e rejuvenesce de maneira constante, o olhar de esperança desses homens e mulheres que se dedicam, de forma absoluta, à construção do Reino de Deus. A Vida Religiosa Consagrada é chamada a manter os olhos fixos em Cristo, e, consequentemente, a aprender a viver para servir, como diz o Papa Francisco.

5. Provocação vocacional

– Como percebo minha disposição e liberdade interior para doar-me inteiramente e para colocar a serviço os dons recebidos de Deus?
– O que aprendo com os apóstolos, que por amor a Cristo, formam comunidade para prolongar os ensinamentos de Jesus, vivendo de forma concreta os valores deixados por Ele?
– Quais sentimentos e apelos experimento, quando penso em tantos homens e mulheres que se doam radicalmente a serviço do Reino, seguindo os passos de Jesus como sinal profético no mundo?

6. Resolução e colóquio

Estabeleço como compromisso dessa semana, reservar um momento em cada dia para suplicar a Deus nosso senhor que, desperte no coração dos jovens, o desejo à vocação para vida religiosa consagrada, e peço a graça de estar atento aos desejos de Deus, para que eu possa mais amar para melhor servir. Encerro, conversando com o Pai, consciente de que sou filho e amigo muito amado do Senhor.

#Clique aqui e faça o download do podcast dessa semana.

Compartilhar
Twittar
+1