Primeiro módulo da Escola MAGIS de Lideranças Jovens é concluído

em 6 de junho de 2018 por MAGIS Brasil

Realizado entre os dias 30 de maio e 3 de junho, no Centro MAGIS Inaciano da Juventude (CIJ), em Fortaleza (CE), o primeiro módulo da Escola MAGIS de Lideranças Jovens discutiu três temas: Realidade brasileira, Condições juvenis no Brasil e Desenvolvimento psicoafetivo na adolescência e juventude.

Composta por um conjunto de três módulos de quatro dias cada, a Escola propõe um itinerário de formação que contempla vivência e reflexão teórica sobre temas relacionados aos Eixos de atuação do Programa MAGIS e às dimensões do ser humano.

Aylla Silveira, jovem de Manaus (AM), ressaltou que “participar da Escola MAGIS está sendo uma experiência incrível, devido às vivências, às trocas possibilitadas, aos momentos de contemplação, espiritualidade e oficinas que aconteceram”. Para a jovem, o tema Desenvolvimento Psicoafetivo de Adolescentes e Jovens, aprofundado e debatido no terceiro dia de formação, “é o que mais precisa ser trabalhado junto aos jovens, pois é uma das temáticas que mais se relaciona atualmente com as realidades juvenis”, afirma.

A partir de uma metodologia participativa, que facilite a troca de experiências entre os e as participantes e a construção coletiva do aprendizado, a Escola MAGIS deseja possibilitar a reflexão crítica sobre a atuação e a aquisição gradual das habilidades e de atitudes necessárias ao trabalho junto aos e às jovens.

Segundo Vanessa Correia, coordenadora do Eixo Formação e Assessoria do Programa MAGIS, “a Escola teve um processo coletivo de construção, assim, ela é resultado da experiência do trabalho com juventude dos Centros, Casas e Espaços MAGIS do Programa. Ela foi pensada em três módulos, contemplando um conjunto de temas que vão desde refletir a realidade brasileira e a realidade juvenil até discutir a nossa fé, a nossa espiritualidade e a dimensão pedagógica do nosso trabalho”.

Nesse primeiro módulo, além do aprofundamento de conteúdo, a programação contou com momentos de oração, integração, inserção e convivência. Assim, visita ao centro histórico de Fortaleza, debates, jogos e dinâmicas, noite cultural, celebração e momentos pessoais e comunitários de oração possibilitaram que a Escola MAGIS se configurasse enquanto uma experiência onde o conteúdo, a prática e a convivêncioa fraterna também compõem o processo formativo. Para Vanessa, “essa proposta é entendida enquanto um itinerário de formação, uma experiência de caminho formativo, que vai se acumulando e que vai se ampliando e ganhando dimensão multiplicadora no Brasil.”

O Pograma MAGIS Brasil compreende que, cada vez mais, se faz necessária a atuação de pessoas conscientes e bem formadas que desejem se colocar a serviço com os demais, na busca de uma nova ordem social, em que prevaleçam valores do Evangelho. A Escola MAGIS, projeto do Programa, nasce da percepção da importância da formação de lideranças jovens para garantir a transformação da sociedade e da Igreja. Os próximos módulos, que acontecerão no Rio de Janeiro, de 14 a 18 de novembro de 2018 e em São Paulo, de 19 a 23 de junho de 2019, discutirão os temas Pedagogias da Juventude e Espiritualidade e Eclesiologia, respectivamente.

Compartilhar
Twittar
+1