Programa MAGIS Brasil participa da Assembleia dos Centros Sociais da CPAL em Salvador (BA)

em 7 de junho de 2017 por MAGIS Brasil

 

por Osvaldo Meca*

O Programa MAGIS Brasil participa nessa semana, de 5 a 8 de junho, da Assembleia dos Centros Sociais da CPAL (Conferência dos Provinciais da América Latina). O encontro, que ocorre em Salvador (BA), conta com a presença de representantes de diversos Centros Sociais ligados a Companhia de Jesus da América Latina, reunindo 50 pessoas. Os trabalhos são inspirados pelo tema “Generosidade e eficácia na missão”, e a metodologia a partir do Contexto, Experiência, Reflexão, Ação e Avaliação.

Com a intenção de ouvir as experiências dos Centros Sociais da América Latina, dentro de conjunturas complexas que cada país apresenta, o evento apresenta uma oportunidade de estreitar laços com obras e pessoas que se dedicam a incidir em diversas fronteiras: habitação, imigração, direitos humanos, juventude etc. Os participantes da Assembleia também tem a oportunidade de verificar a incidência da Companhia de Jesus, entre jesuítas, colaboradores e jovens, nessas diversas frentes.

Nesse sentido, à luz dos eixos do Programa MAGIS Brasil, sobretudo o de Voluntariado Jovem e Inserção Sociocultural,  desejamos nos aproximar desses contextos para construir projetos comuns a partir de agendas em que as/os jovens podem dedicar o trabalho. Dentro desse desafio também há a questão de uma articulação latino-americana entre os jovens na frente do Voluntariado. O espaço é propício para sonhar possibilidades de integração dos jovens junto com esses Centros, tecendo redes de serviço e de esperança.

Até o momento a assembleia se debruçou sobre uma leitura da realidade latinoamerciana e de partilha de experiências dos Centros Sociais, além de espaços de celebração e grupos de trabalho. Nessa quarta (7), o Programa MAGIS apresentou seu instrumento de trabalho com os jovens, e as expectativas em participar de um encontro como esse.   


*Osvaldo Meca é integrante da equipe pastoral do Centro MAGIS Anchietanum, historiador e mestrando em História pela Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)

Compartilhar
Twittar
+1