Aconteceu a reunião anual do Eixo Vocações

em 7 de novembro de 2019 por MAGIS Brasil

Foi realizada, entre os dias 4 e 6 de novembro, a reunião anual do Eixo Vocações no Centro MAGIS Anchietanum na cidade de São Paulo. Com a união de jesuítas irmãos e padres de todas as regiões da Província, o encontro teve como objetivo pensar e articular sobre o Eixo Vocações do Programa MAGIS Brasil para o próximo ano.

Estruturou-se nos três dias de encontro uma vasta agenda com Grupo de Partilha, avaliações sobre os avanços e limites, cuidados com o Acompanhamento Vocacional, ideias para mais servir aos jovens e muita oração. Em especial, no segundo dia, aconteceu a fala de Ir. Susana Rocca, trazendo o importante tema “Cuidados, atenções e sinais de resiliências no acompanhamento”.

Para o Pe. Silas da Silva, SJ, Coordenador do Espaço MAGIS Manaus, a reunião foi de muito conhecimento: “O encontro que tivemos aqui no Eixo Vocações foi um tempo bom de reencontro de jesuítas que estão pelo Brasil afora promovendo a Companhia de Jesus. Foi também um tempo de partilha, de formação com a Ir. Suzana que nos apresentou elementos fundamentais para o acompanhamento tanto dos jovens que já estão nos espaços MAGIS quanto aos jovens que desejam discernir seu chamado”.

Estiveram presentes em toda reunião cerca de 15 jesuítas de vários estados diferentes de todas regiões do país. Para o Pe. Jonas Caprini, SJ, Secretário para Juventude e Vocações da Província Brasil e Coordenador do Eixo Vocações do Programa MAGIS Brasil, esse fato da diversidade foi positivo: “Nós nos reunimos uma vez por ano para nos encontrarmos com os amigos do Senhor, para partilhar a missão, os desafios e os frutos. Isso nos ajuda a construir caminhos futuros de trabalho em rede. Tem como importância esse encontro a oportunidade de somarmos força, de buscarmos pensamentos diferentes e construir a missão juntos”. Este pensamento de coletividade em rede, onde se envolvem possibilidades de ajuda vocacional ao jovens, se tornou um apelo da Província, segundo Jonas.

A reunião também foi um espaço de discussão para compreender melhor as realidades juvenis e auxiliar os jovens a partir dos sinais que eles lançam. O Ir. Davidson Braga, SJ, Diretor do Centro MAGIS Amazônia, relata que: “Minha missão como jesuíta é fazer com que todas as pessoas vivam plenamente naquilo que elas são. O programa MAGIS tem essa atenção, esse cuidado de responder integralmente à formação dos jovens. Uma dessas dimensões que olhamos é a vida do jovem como todo e como ele responde ao chamado que Deus faz.”

Segundo o Ir. Ubiratan Costa, SJ, Diretor de Centro MAGIS Burnier e Coordenador do Plano de Candidatos ao Noviciado, a partilha de saber como está sendo o trabalho de acompanhamento vocacional nas regiões já é muito valido. “Mesmo sabendo que existe desafios e dificuldade, esse encontro nos anima. O que nos dá força é a esperança de fazer um trabalho em unidade, com dedicação. Eu gostei muito da experiência.”

A proposta do Eixo Vocações é acompanhar os jovens no discernimento e na elaboração dos seus projetos de vida. E esses encontros se tornam um momento de celebração de vidas e da missão daqueles que animam o acompanhamento dos jovens, buscando se aproximar das diversas realidades do mundo contemporâneo. Sigamos unidos em oração por todos os chamados às vocações jesuítas.

Compartilhar
Twittar
+1