Semana de Oração pelas Vocações Jesuítas (Dia 5)

em 5 de novembro de 2017 por MAGIS Brasil

Permanecer em Cristo para viver na alegria

Francisco nos diz…

Se permanecemos n’Ele, sua alegria estará em nós. Não seremos discípulos tristes e apóstolos amargos. Leiam o final da Evangelii Nuntiandi [Exortação apostólica de Paulo VI]. Ao contrário, refletiremos e carregaremos a alegria verdadeira, o gozo pleno que ninguém nos poderá tirar, difundiremos a esperança de vida nova que Cristo nos trouxe.

O chamado de Deus não é uma carga pesada que nos rouba a alegria. Deus não nos quer imersos na tristeza. Um dos maus espíritos que se apoderavam da alma e que denunciavam os monges do deserto é o cansaço que vem das atividades mal vividas, sem uma espiritualidade que faça feliz nossa vida e, ainda, nossas fadigas. Nossa alegria contagiosa tem que ser o primeiro testemunho da proximidade e do amor de Deus. Somos verdadeiros distribuidores da graça de Deus quando transparecemos a alegria do encontro com Ele.

Provocações

1. Em que momentos de minha história experimentei o chamado de Deus como uma carga pesada? O que me ajudou a recuperar a alegria da minha vocação?
2. De que maneira concreta estou dando testemunho da alegria da minha vocação?

Preces pela Companhia de Jesus

Elevemos a Deus nossa súplica pela Companhia de Jesus. A cada intenção respondamos:

R/. Em tuas mãos, Senhor, entregamos nossa mínima Companhia.

– Te recomendamos, Senhor Jesus, o corpo da Companhia universal, em sua cabeça e seus membros, nos sãos e nos enfermos, nos que desfrutam e nos que estão tentados, para que tudo seja governado e dirigido à maior glória de Deus e para o bem de toda a Igreja. R/.

– Faça, Senhor, que cresçamos em número e mérito, que conheçamos retamente as exigências de nossa vocação, e que, conhecendo-as, as amemos e as cumpramos com perfeição. Assim em nossa Companhia, tua divina majestade será́ servida de maneira digna e fiel. R/.

-Faça, Senhor, que sigamos os preceitos e conselhos do Evangelho, e que permanecendo unidos pelos laços do amor fraterno, sintamos tua benção sobre nossas províncias, colégios, residências, missões, obras e todos os ministérios que por teu amor empreendemos. R/.

– Faça, Senhor, que sejamos sóbrios, simples, prudentes, quietos, que busquemos as virtudes sólidas e perfeitas, e que nossa vida coincida com nossa vocação de companheiros de Jesus. R/.

– Confirmai, Senhor, o que começaste na tua Companhia em relação à obediência religiosa, à pobreza e à castidade, para que o que prometemos um dia com tua ajuda, com a mesma o cumpramos até a morte. R/.

– Te pedimos não apenas pelos vivos, mas também pelos defuntos da Companhia, e pelos fundadores, benfeitores e amigos. A todos os recomendamos para sempre à tua Divina Misericórdia. R/.

Oração final

Senhor Jesus,
te pedimos que chames aos que hás de chamar,
que envies aos que hás de enviar
para trabalhar pela Igreja na tua Companhia.
Nós somos inúteis,
mais do que podemos imaginar.
Por isso, cumpra, Senhor Jesus, o que tens preparado,
mesmo que nós possamos impedi-lo e corrompê-lo,
com nossa debilidade e nossa ignorância,
com nossa negligência e nosso pecado. Amém.

(P. Jerónimo Nadal S.J., 1556).


Oração: Província dos Jesuítas da Colômbia | Tradução: Centro MAGIS Anchietanum

Clique aqui para acessar o Roteiro de Oração pelas Vocações Jesuítas completo.

Compartilhar
Twittar
+1