Semana de Santo Inácio: Os Companheiros da Missão

em 3 de agosto de 2017 por MAGIS Brasil

Até aqui vivemos as experiências do Inácio peregrino, por vezes solitário, mergulhando no mais profundo de seu ser. No entanto, Inácio e seu espírito acolhedor foi responsável por unir diversos jovens que compartilhavam o ideal de seguir a Cristo e abraçar o projeto do Reino de Deus, os quais mais tarde seriam o corpo fundante da Companhia de Jesus. Em 1529, com 38 anos, vai estudar em Paris e fica alojado junto com dois outros estudantes, 15 anos mais jovens que ele: Pedro Fabro e Francisco Xavier.

Durante a vida comum de estudos, também partilhavam dúvidas, impressões, desejos, medos. Com o crescimento dessa amizade, Inácio apresentou para os jovens os Exercícios Espirituais, que os levou a aprofundar a vida de oração e o conhecimento da vontade divina. Que riqueza perceber que não somos Igreja sozinhos. E a Companhia e até mesmo os Exercícios Espirituais também são construídos a partir da relação e interação, do cuidado de construir aproximações e o acompanhamento.


Texto extraído do Roteiro ”Vida em Oração: Inácio de Loyola”. Acesse a publicação completa clicando aqui.

Compartilhar
Twittar
+1