Começou o Sínodo para a Amazônia

em 7 de outubro de 2019 por MAGIS Brasil

Ontem (06), na cidade do Vaticano, com a presença do Papa Francisco, começou oficialmente o Sínodo Especial dos Bispos para a Amazônia, que se realiza até dia 27 deste mês, com o tema “Amazônia: novos caminhos para a Igreja e para uma ecologia integral”.

Francisco fez a saudação inicial aos participantes do Sínodo pedindo coragem e prudência, agradecendo a todos pelo trabalho que já vem sendo realizado em torno deste momento. “O Sínodo para a Amazônia tem quatro dimensões”, explicou o Papa: pastoral, cultural, social e ecológica. “A primeira é essencial porque abarca tudo e vemos a realidade da Amazônia com olhos dos discípulos, porque não existem hermenêuticas neutras, assépticas, sempre estão condicionadas a uma opção prévia, e a nossa opção prévia é a dos discípulos. Mas também com olhos missionários, porque o amor que o Espírito Santo colocou em nós nos impulsiona ao anúncio de Jesus Cristo.”

Também no momento de abertura, o relator-geral deste Sínodo, cardeal Cláudio Hummes, presidente da Rede Eclesial Pan-amazônica (REPAM), fez seu pronunciamento e destacou: “O tema ressoa grandes linhas pastorais características do Papa Francisco. Definir novos caminhos. Desde o início de seu ministério papal, Francisco sublinha a necessidade de a Igreja caminhar. Ela não pode ficar sentada em casa, cuidando de si mesma, cercada de muros de proteção. Muito menos ainda, olhando para trás com certa nostalgia de tempos passados. Ela precisa abrir as portas, derrubar muros que a cercam e construir pontes, sair e pôr-se a caminho na história, nos tempos atuais de mudança de época, caminhando sempre próxima de todos, principalmente de quem vive nas periferias da humanidade.”

As atividades deste Sínodo não se restringem aos debates e palestras na Sala Sinodal. Irão acontecer mais de 100 eventos em concomitância com o Sínodo, com mais de 30 realidades católicas organizando diversas iniciativas e atividades ligadas ao Sínodo e à Amazônia. Promovidas pelas Conferências Episcopais dos países que compõe a região Pan-Amazônica, Ordens e Congregações religiosas e organizações ligadas à Igreja, paralelamente é realizada uma extensa programação, em diversas línguas, que inclui celebrações, reuniões online de religiosas, painéis de especialistas, Mostras Fotográficas, apresentação de documentários, mesas-redondas. Os diferentes eventos podem ser conferidos clicando aqui. 

A juventude, que tem papel importante na incidência da transformação de uma consciência ecológica, humana e social, é chamada também a estar conectada com o movimento do Sínodo para a Amazônia. Convidamos toda rede do Programa MAGIS Brasil a estar conectado e em oração durantes este período!

Saiba mais: magisbrasil.com/sinodoam

 

 

Fonte: Vatican News

Compartilhar
Twittar
+1